Você está em: home » Releases  
CD BOSSALYRA (1994) - BMG

DISCO

Depois de vinte LPs gravados em um longo currículo de apresentações, Carlos Lyra nos surpreende com uma reunião de obras primas, até então dispersas, com a qualidade da gravação digital.

BOSSA LYRA revisita algumas composições que marcaram um dos períodos mais férteis da música brasileira, quando um grupo de jovens na faixa dos vinte anos reunia-se para desenvolver uma nova postura musical. O disco inclui os clássicos Minha Namorada, Maria Ninguém, Marcha da Quarta-feira de Cinzas, Primavera, Você e eu, Coisa mais Linda, Lobo bobo, Saudade fez um samba, Se é tarde me perdoa, etc.

Carlinhos Lyra, como era chamado por Vinícius de Moraes, está muitíssimo bem acompanhado neste novo disco, lançado primeiro no Japão. A começar pela produção musical e o piano de Antônio Adolfo. A ficha técnica ainda conta com a participação da voz de Lisa Ono, produtora do disco.

BOSSA LYRA foi produzido originalmente para o mercado japonês e distribuido no Brasil pela BMG-Ariola.



O BALANÇO DA BOSSA


A bossa, criada no Rio de Janeiro do final dos anos 50, reformulou antigas variações musicais brasileiras, aliando-se com o tempero jazzístico que era a grande paixão dos jovens instrumentistas da época.

A Influência do Jazz, inspiração de um grupo de rapazes que entre uma aula e outra de violão escreveram as pérolas musicais que transformariam a música brasileira. Entre eles Carlos Lyra.

A história de Lyra e da Bossa Nova se confundem inevitavelmente. Desde os pequenos shows no Rio até a consagração no histórico show do Carnegie Hall (N. York) em novembro de 1962, com João Gilberto e Tom Jobim. Depois deste show o jazz é que foi influenciado. Principalmente o saxofonista Stan Getz, com quem Lyra fez várias turnês pelos Estados Unidos, Canadá, México, Japão, Europa e Brasil.

« Voltar

Buscar Músicas